Novas Alices | Maria Ienke: Entrevista: Giordano Bueno - Erótico & Exótico

Sponsor

Entrevista: Giordano Bueno - Erótico & Exótico

21 de agosto de 2010

Se você nunca ouviu falar em arte erótica, precisa conhecer Giordano Bueno. Com apenas 22 anos, ele foi o primeiro paranaense a mostrar a sexualidade vista como arte no Paraná.

Giordano Buffara Bueno, conhecido também como 'Gico', é um artista de mil e uma habilidades. Cursa o segundo período de Design Gráfico na PUC, trabalha como artista plástico nas áreas de pintura, gravura e escultura, além de ser modelo, fotógrafo e web designer. Através de suas obras, ele mostra toda sua liberdade de expressão, que rendeu até uma menção honrosa por ser o primeiro artista a mostrar a sexualidade como forma de arte na história de Ponta Grossa.

O currículo de Giodarno é extenso. Na lista, podemos citar alguns trabalhos feitos em Ponta Grossa (PR), como a Exposição de Artes “My Confessions” (2009), Lançamento do Vídeo Clipe “Giordano Erótico” (2009), entre outros que você saberá mais abaixo. Em São Paulo, participou da Mostra de Arte Erótica na 16° Erótikas Fair com o ensaio fotográfico “Confissões de um Striper” (2010). Sua mais recente exposição, leva o nome "Erótico & Exótico" e atualmente está disponível no Centro de Cultura, aqui em Ponta Grossa (PR). Confira a entrevista que qu eu fiz com ele para o site da Intóxica (confira na íntegra) e entenda um pouco mais sobre essa excêntrica arte!
Se depois, você quiser saber mais sobre ele ou apreciar mais de sua arte, seus trabalhos estão disponíveis no blog do próprio Giordano, AQUI.

Quando começou a se interessar por desenho? E onde aprendeu?
Giordano: Desde muito pequeno, desenhar era um atrativo pra mim. Lembro-me de estar sempre com um pedaço de papel e uma caneta desenhando, enquanto meus primos brincavam no jardim ou com brinquedos.
Nunca fiz qualquer curso ou algo do tipo que me ensinasse a desenhar. Tenho pessoas na minha família que possuem esse dom também, então creio que seja , talvez, herança genética. (risos)

Como você define o estilo do seu trabalho?
Giordano: Acredito que todas as coisas que eu passei na minha vida, meus medos, minhas inseguranças, felicidades, tudo o que eu faço, é de certa forma auto-biográfico. Então , meu estilo deve-se à forma com que eu lido com essas coisas. Ele pode ser mais detalhado ou mais dual...

Trabalha mais com desenho ou pintura?
Giordano: Tenho afeição pelos dois. Existem épocas que sinto necessidade em ver cores, em determinados tons, e outras que gosto de expressar-me apenas com o lápis.

De onde vem a inspiração?
Giordano: Dos meus fantasmas, dos meus sonhos, do coração. Na verdade apenas expurgo meus sentimentos em forma de arte.

Qual de suas obras você mais gosta? Por quê?
Giordano: Dos meus desenhos, meu preferido é um casal de gêmeos que desenhei, abraçando-se, ambos possuem o meu rosto retratado da época que eu os fiz, meu preferido por ter sido o mais “real” que até então, na época eu tinha feito, e por ser meu signo também.
Na pintura, é uma obra simples que fiz , abusando de figuras geométricas e curvas, consegui nitizar minha originalidade de momento nela.
Em fotografia, um ensaio fotográfico que fiz vestido de FaraÓ, porque sempre tive muita atração pelo Egito.
E em vídeo, é sempre o último que eu faço, no caso o que lancei na última sexta-feira , dia 23 de julho, "Together Always In My Art", que é a história de um artista plástico que perde um grande amor, e o torna eterno em forma de arte.

Você vê a arte como hobby ou como trabalho mesmo?
Giordano:
Como hobby e consecutivamente como trabalho. Nunca deixei de enxergar o trabalho como algo prazeroso, caso contrário, eu não trabalharia com isso.

Quais outras atividades você exerce?
Giordano:
Trabalho como modelo , porém já dei muito mais atenção a essa profissão no passado , deixando-a, hoje em dia, mais como hobby. Também sou fotógrafo, web designer e gosto muito de montar espetáculos artísticos.

Você disse que está lançando um novo videoclipe, sobre o que se trata?
Giordano: Lancei ano passado o vídeo “Giordano Erótico”, para a divulgação de um projeto artístico que aborda a sexualidade psicológica do ser humano, e no vídeo eu interpreto vários personagens estigmatizados no mundo da sensualidade, como sado-masoquistas, e dentre outros fetiches em geral. Esse vídeo me rendeu muita coisa , inclusive menção honrosa em Ponta Grossa , como o primeiro artista a mostrar sexualidade como forma de arte na história da cidade.
Já esse novo vídeo, "Together Always In My Art" é sobre , ainda , erotismo. Mas, com uma abordagem mais romanceada e com arte inclusa. É a trajetória de um artista plástico que descobre sua homossexualidade através de um romance, mas perde seu parceiro. Dessa forma , passa a procurar formas de eliminar essa falta, tentando suprir com mulheres e na arte , esse vazio. No final ele encontra, de certa forma, como estar sempre junto de seu grande amor.
O Vídeo será lançado online, em breve. Teve sua premiere na sexta-feira, dia 23, para um público seleto , como teste piloto de reação de público. O que me deixou muito satisfeito e ansioso para a divulgação em massa.


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário