Novas Alices: O dia em que eu desapeguei de 70% do meu armário - A busca por um estilo mais básico!

Sponsor

O dia em que eu desapeguei de 70% do meu armário - A busca por um estilo mais básico!

27 de abril de 2016

Desapegar é sempre bom, eu faço isso todo ano! No ano passado, eu doei uns 3 sacos enormes de roupas e outro saco com peças praticamente novas, eu guardei para vender no Enjoei. Sempre gosto de fazer essa limpa, sinto que faz tão bem passar para frente coisas que não usamos mais e assim, também ajudamos quem precisa!




Mas mesmo depois de tudo isso, eu ainda olhava pro meu armário na hora de me vestir e pensava "Eu não tenho roupa!" Mesmo com o armário cheio, é essa a impressão que dava, aquele monte de roupas na minha frente, uma sem combinar com a outra, outra ficava apertada, ou então, não servia para a ocasião. Foi aí que eu percebi o quanto a gente gasta desnecessariamente, mesmo sem perceber. Eu não sou uma pessoa cheia da grana, que pode gastar milhares de reais com roupas novas todo mês, e mesmo assim eu percebi que eu gastava demais.

E era por isso que meu cartão sempre vinha cheio de prestações e eu ainda não tinha roupa o suficiente, haha! Depois de ler tantas histórias sobre o armário-cápsula, despertei um interesse muito grande pelo estilo básico, normcore que tanto se fala atualmente. Não decidi montar um armário-cápsula, pois sabia que não iria cumprir todas as "regras", mas decidi que iria chegar bem perto disso e me adaptar a um estilo minimalista! Comecei a ficar horas no Pinterest, buscando referências e inspirações e me apaixonei pelos looks! Acho incrível a ideia de criar 10 looks com apenas uma peça! Listei 5 coisas que aprendi com o início dessa experiência:

1. Defini um estilo para mim. Até então, eu nem sabia direito me definir em um estilo e vi que tinha algo errado! Na verdade, tenho uma mistura de estilos, mas aprendi a definir quais são eles. (Vou falar mais disso em um próximo post!)

2. Aprendi a comprar de forma consciente. Hoje não compro tudo que acho bonito, eu penso muito antes de fazer cada escolha!

3. Me tornei uma pessoa organizada e planejada. Faço muitos planejamentos para determinar o que eu preciso e organizei todas as coisas que já tenho, não só roupas, mas também bolsas, acessórios, bijuterias, calçados e maquiagem!

4. Perdi a sensação de não ter mais roupa para vestir. Antes a culpa era porque não caía bem, porque engordei, porque ficava feio. Hoje não tem desculpas, sei que tudo que está ali realmente me serve e se preciso de algo que não tenho, já vejo com quais peças vou poder usar!

5. Dou mais valor à qualidade. A maioria das minhas roupas são peças baratas e muitos achados! Mas se algo custa mais caro, eu não vejo problema se for um produto de boa qualidade, atemporal e que vai durar por muitos anos! Claro que dentro do meu limite, né? Haha! Peças essenciais, mas com qualidade razoável, eu costumo usar até estragar e depois substituo por outra peça parecida.

6. Eu posso ter estilo e seguir tendências. Depois que se tem todas as peças básicas, é possível encaixar tendências nesse estilo! Por exemplo: A tendência é usar franjas e você acha lindo? Não precisa comprar tudo que você ver pela frente que tenha franjas, uma bolsa com franjas já dá aquela incrementada no look e deixa super estiloso! É muito gostoso criar todas essas estratégias de looks, hahaha!

7. Ter um closet lotado não é mais o meu sonho. É claro que eu acho lindo, que mulher não fica babando no closet da Khloe Kardashian ou da Carrie Bradshaw? Hahaha! mas é algo que não faz parte da minha realidade! O que eu quero agora é: ter um estilo legal, um armário cheio de peças essenciais e com isso aprender muito mais sobre moda e sobre o meu próprio estilo!

Eu não deixei de comprar e ainda tenho uma lista grande de itens que quero que faça parte do meu novo estilo, mas hoje eu adotei algumas regras para mim mesma e compro de forma mais consciente. Antes de levar uma peça, eu me faço milhões de perguntas, entre elas:

"Isso está na cartela de cores que eu determinei?"
"Eu realmente vou usar essa roupa no meu dia-a-dia?"
"O caimento é realmente bom para o meu corpo?"
"Eu estou comprando apenas por ser uma roupa bonita?"
"É uma peça tendência ou é versátil?"
"A qualidade é boa?"
"Custa mais de R$100, será que vale a pena?"

Como disse lá no começo, eu nunca fui apegada e não ligo em me desfazer das coisas. Mas dessa vez foi bem mais difícil, pois tive que me desfazer de peças que eu gostava ou que ainda nem tinha usado, mas que realmente não se encaixavam mais no meu estilo e estavam só tomando espaço no meu armário. Mas acredito que vai me fazer bem, e vou compartilhar tudo com vocês, inclusive muitos looks! Eu estou adorando essa nova fase da minha vida! As peças mais estilosas desse meu desapego estão para vender lá no Enjoei, por um preço muito bom! :)

Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. Que post maravilhoso <3 Eu ando MUITO nessa vibe de desapegos e estou pensando em fazer uma lojinha no Enjoei também! Lembro que tinha uma época (logo que eu comecei a fazer estágio e ter salário, aloka), que eu comprava várias peças, mas continuava sentindo que não tinha nada que ia com nada, hahaha. Hoje eu compro só se me apaixono muito e se veste bem e sei que vou usar. É a melhor coisa né? <3 Amei sua listinha e o post!

    www.wherethelightis.com.br

    ResponderExcluir